4895.6557

97495.6866

94035.6356

    CRP/SP 

  n° 4414/J

  • Clínica Sírius – Salvando Vidas
  • Terapia Individual – Profissional Qualificado
  • Atividade Física – Resgatando Valores
  • Refeitório – Alimentação Saudável com Vista Panorâmica

Principais Tipos de Drogas

As drogas são definidas como toda substância, natural ou não, que modifica as funções normais de um organismo. Também são chamadas de entorpecentes ou narcóticos. A maioria das drogas são produzidas à partir de plantas (drogas naturais), como por exemplo a maconha, que é feita com Cannabis sativa, e o Ópio, proveniente da flor da Papoula. Outras são produzidas em laboratórios (drogas sintéticas), como o Ecstasy e o LSD. A maioria causa dependência química ou psicológica, e podem levar à morte em caso de overdose. . Existem exames médicos que conseguem detectar a presença de várias drogas no organismo – são chamados de Exames Toxicológicos.

As pessoas que tentam abandonar as drogas podem sofrer com a Síndrome de Abstinência, que são reações do organismo à falta da droga.

O tráfico de drogas é chamado de narcotráfico. Algumas dessas substâncias são utilizadas em medicamentos (drogas lícitas), outras são proibidas em quase o mundo todo (drogas ilícitas).

Drogas Naturais

Maconha: uma das drogas mais populares, a maconha é consumida por meio de um enrolado de papel contendo a substância. É feita a partir da planta Cannabis sativa. Existe a variação chamada Skunk, com um teor de THC bastante elevado, bem como o Haxixe.
Ópio: droga altamente viciante, o Ópio é feito a partir da flor da Papoula. Os principais efeitos são sonolência, vômitos e náuseas, além da perda de inteligência (como a maioria das drogas). Opiáceos: codeína, heroína, morfina, etc.
Psilocibina: é uma substância encontrada em fungos e cogumelos, a Psilocibina tem como principal efeito as alucinações. Também é utilizada em pesquisas sobre a enxaqueca.
DMT – Dimetiltriptamina: A principal consequência do seu consumo são perturbações no sistema nervoso central. Utilizada em rituais religiosos.
Cafeína: é o estimulante mais consumido no mundo – está no café, no refrigerante e no chocolate.
Cogumelos Alucinógenos: alguns cogumelos, como o Amanita muscaria podem causar alucinações.

Drogas Sintéticas

Anfetaminas – Seu principal efeito é o estimulante. É muito utilizada no Brasil por caminhoneiros, com o objetivo de afastar o sono e poder dirigir por longos períodos.
Barbitúricos – Um poderoso sedativo e tranquilizante, causa grande dependência química nos seus usuários.
Ecstasy – Droga altamente alucinógena, causa forte ansiedade, náuseas, etc.
LSD – Outro poderoso alucinógeno que causa dependência psicológica.
Metanfetamina – Era utilizada em terapias em muitos países, mas foi banida pelo uso abusivo e consequências devastadores da droga.

Drogas Semi-Sintéticas

Heroína – A heroína é uma das drogas mais devastadores, altamente viciante – causa rápido envelhecimento do usuário e forte depressão quando o efeito acaba.
Cocaína e Crack – A cocaína é o pó produzido a partir da folha de coca, e o crack é a versão petrificada dessa droga. Altamente viciante, deteriora rapidamente o organismo do drogado, causando também perda de inteligência, alucinações, ansiedade, etc.
Morfina – É uma droga utilizada principalmente para o alívio de dores em todo o mundo. Também causa dependência química nos seus usuários.
Merla – droga produzida a partir da pasta de coca.

Fonte: Portal Info Escola – http://www.infoescola.com/

 

Notícias

    A Revista Rolling Stone Brasil realizará no sábado, dia 1º de novembro, a…
    A Ambev, dona das marcas Brahma, Skol e Antarctica, terá de pagar…
       

Consultório SP

Telefones: (11) 97495-6866
End.: Travessa Mathias Lopes- Km 05 +60 Mts Nazaré Paulista-SP Cep 12960-000 [ver mapa]
E-mail: contato@clinicasirius.com.br

Unidade de Internação

Telefone: (11) 4895-6557
End.: Travessa Mathias Lopes Km 05+60Mts - Bairro Mascate – Nazaré Paulista – SP – Cep 12960-000
E-mail: contato@clinicasirius.com.br

Nossos Parceiros

img-parceiro-03.jpg

Criação e Host: WebCisCopyright 2011 – Sírius Dependência Química – Todos os direitos reservados